Terremoto no Japão

Post 186

O terremoto que atingiu o Japão ontem não foi dos "tradicionais". Foram 8.9 pontos na escala, o que é grave.

A Coreia não foi afetada, mas as imagens que vieram do Japão foram desoladoras. O site da CNN tem vídeos impressionantes, tanto do tsunami quanto dos lugares fechados durante o terremoto. Para quem quiser ver, os links estão abaixo. Parece coisa de cinema-catástrofe...mas é real:

Água e lama arrastando tudo pelo caminho

Redação da CNN e supermercados na hora do tremor

Água avançando e destruindo as casas na orla

Cidade e campo debaixo d'água

Um alerta de tsunami está vigente para cerca de 20 países. A Coreia não é um deles.

Que os amigos no Japão estejam bem.

 



Escrito por Maschetto às 09h47
[] [envie esta mensagem] []



Stratovarius e Helloween, sem aviso!

Post 185

Na última 4a. feira, a caminho do trabalho, a Selma me envia um email:

"Acho que você tem um evento para HOJE à noite".

Abro a mensagem e vejo que a primeira notícia refere-se à Orquestra Sinfônica de Leipzig, considerada a orquestra sinfônica mais antiga do mundo. "Legal", penso eu, mas não seria algo tão urgente assim pra se reprogramar totalmente o dia.

Rolando a tela para baixo, me deparo com o que ela quis dizer: naquele dia, 2 de Março, tocariam à noite, aqui, em Seul, Stratovarius e Helloween!

Conferi a data e o local. Me certifiquei que não era 2012 ou 2010. E pensei: "como é que isso nunca foi divulgado nos sites e revistas de eventos???".

Começou o corre-corre e, após confirmar que ainda havia ingressos, reprogramei o dia e fiz o possível pra sair do trabalho no horário e tentar chegar ao local até o horário do show. Começava às 19:30h, cheguei às 19:40h e, felizmente, tinha uma banda de abertura ("Ishtar", uma espécia de Nightwish coreano, interessante).

Ainda assim, algo não fazia sentido: com Iron Maiden tocando aqui no dia 10, como é que me aparecem Stratovarius e Helloween uma semana antes...

Na fila, dois jovenzinhos me abordam:

- Oh, você gosta de Stratovarius e Helloween?

(resposta merecida: "não, Pedro Bó, estou aqui apenas pra passar raiva...")

- Sim, gosto, mas prefiro Helloween, faz muito tempo que não ouço Stratovarius.

(obs.: quando comecei a descobrir o Metal Melódico - aquela finlandesada toda - no final dos anos 90, Stratovarius foi a primeira banda que caiu na minha mão, com o disco "Fourth Dimension". Gostei na hora. Mas, depois de alguns anos, aquilo ficou muito simples e repetitivo, e preferi me ater ao Metal tradicional, Power e Prog)

- Ah, e faz tempo que você ouve Helloween?

- Sim, faz...

- Quanto tempo?

- Bem...mais de 20 anos...

- Oooohhhhh...

- Ok, bom show pra vocês.

- Pra você também. De onde você é?

- Brasil.

- UUUAAAAAUUUU!!!!

- Tchau!

Lá dentro, pouca gente, e fui pra bem perto do palco. Obviamente, Stratovarius abriu a noite e, apesar do som ter sido bem regulado e Timo Kotipelto não ter desafinado, tive a nítida impressão que ele cantou um ou dois tons abaixo do normal. Pra quem conhece a banda finlandesa, sabe que as músicas são todas em registro altíssimo, mas acho que ele se poupou no dia. O que não tirou o mérito da apresentação que foi energética e bem interativa com a platéia. Sucessos como "Father Time", "Hunting high and Low", "Black Diamond", "Speed of Light", "The Kiss of Judas"  e outros fizeram os coreanos cantarem muito.

Após cerca de 1 hora de show, eles saem do palco e prepara-se o mesmo para Helloween, talvez os alemães mais engraçados que eu conheço (difícil achar alemão engraçado, mas eles são).

Eles entram com força total com "Are you Metal?" (não é uma de minhas favoritas), seguida, sem pausa, da clássica "Eagle fly free", um hino do Power Metal:

E, para alegria dos fãs, só tocaram clássicos: "March of Time", "Keeper of the Seven Keys", "I want out", e outras. Andi Deris estava impecável, agudíssimo e extremamente simpático com o público. Melhor parte:

- É muito bom retornar à Coreia!!!

- YYYYEEEEEAAAAAAHHHHH!!!

- Vocês são demais!!!

- YYYEEEEAAAHHHHHHH!!!!

- Esse é um dos melhores públicos que já vimos!!

- WWOOOOWWWW, YYYEEEAHHHHHH!!!!

- E aqui tem muitas garotas bonitas!!

- eeehhh...ooohhh...ah....hmmmm...

(Pra variar: cambada de coreanos inseguros que se mordem de raiva quando os estrangeiros falam das coreanas! Não se garantem?)

Foram 2 horas de show, som perfeito e altíssimo grau de energia por parte deles. Um bom aquecimento para dia 10, próxima 5a. feira, quando tocarão na Coreia, pela primeira vez, eles: Iron Maiden!

Up the irons!

Annyonheghaseyo.



Escrito por Maschetto às 20h38
[] [envie esta mensagem] []



A TV brasileira ainda me surpreende

Post 184

Henrique, obrigado. Você alegrou meu dia ao enviar esse link daquela reportagem do tal programa "Leitura Dinâmica" sobre o "Ká-Popi":

Eu tinha feito uma promessa particular de evitar falar de k-pop esse ano mas, depois desse vídeo, não teve jeito.

Não vou comentar proseadamente, só vou falar das abobrinhas que vi no vídeo. Que raio de programa é esse? Vejamos:

. "Coreia do Sul: quase 1 milhão e meio de habitantes..."  (e os outros 48.5 milhões estão aonde?)

. "...o Ká-Popi é fato..." (qual a dificuldade em dizer "Kei-Pop"? Mas ficou bom, o "gênero" merece)

. "...pelo menos 4 estilos comandam as paradas orientais: Eletrônico, R&B, Hip-hop e Rock..."

Esse tem que elaborar (com exceção do Hip-hop: Drunken Tiger é um dos melhores da área, com certeza):

a) grupinho de meninas (acho que é o Kara) é considerado Eletrônico? Pobres precursores da música eletrônica...vejam a quem foi dada sua tão nobre insígnia...

b) grupinho de clones (pois todos tem a mesma cara) é R&B?? Não vou discursar sobre o R&B da Motown dos anos 60 e 70, mas mesmo o R&B atual é BEM diferente dessa coisa k-pop. Acho que o pessoal que escreveu o texto nunca ouviu falar de Michael Jackson, Stevie Wonder, nem mesmo dos moderninhos Alicia Keys, Usher e Beyonce...

c) e chamar aqueles, aqueles...(não sei descrever) de Rock é, no mínimo, ofensivo. No mínimo!

Quem são os néscios que escrevem os textos?

Continuemos, pois tem mais:

. "...e dá-lhe pronúncias trava-língua, Tê-Vê-Xis-Ká..." (referindo-se a "TVXQ"! A nova regra ortográfica mudou o nome da letra "Q"? De repente mudou, alguém me ajude, por favor)

. "...as Wondô Gãrs..." (Wonder Girls...)

. "...as referências sonoras agradam a nós, ocidentais..." (em outras palavras, "a cópia descarada do pop americano faz com que ocidentais - não me inclua no 'nós' - se interessem")

E os comentários abaixo do vídeo parecem aquelas "pérolas do ENEM". Exemplos:

. "Mas o meu receio de isso ter sido mostrado na televisão é de virar modinha (e não é??). Do DBSK e do BigBang começarem a serem vistos como o Backstreet Boys moderno. Entendem:" (Ahn...não sei de que planeta você vem, mas todos os grupinhos são somente cópias dos grupos do passado. Desculpe se acabei com sua ilusão...)

. "A KPOP é uma MUSICA cheia de CRIATIVIDAD(sic)"  (taí outro que hibernou pelos últimos 30 anos e acordou ontem, achando criatividade nesse meio...deve ter sido o Austin Powers que escreveu esse comentario...)

Ganhei o dia. Comecei o Novo Ano Lunar com o pé direito!!

Feliz Ano Novo de Coelho!

Annyonhegheseyo!



Escrito por Maschetto às 18h41
[] [envie esta mensagem] []



Foto do dia

Post 183

Foto do dia: no restaurantezinho aqui do lado, omeletonas descansando e esperando o momento de levarem aquela fatiada para se transformarem em miolo de kimbap.

Detalhe: descansando em cima de folhas de jornal. Claro que o jornal foi devidamente esterilizado...ãh-hã...



Escrito por Maschetto às 19h54
[] [envie esta mensagem] []



Top 10 Hits na Coreia, em 2010

Post 182

Não, não são os Top 10 da parada do K-Pop. Mesmo porquê, se fosse isso, era só colocar qualquer música de qualquer grupinho coreano irritante ("grupinho coreano irritante" é redundância pleonásmica!), pois é tudo a mesma tranqueira.

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Samsung, estes são os "Top 10 Hits" da Coreia em 2010, isto é, produtos, serviços, eventos e acontecimentos que transformaram e redefiniram a sociedade durante este ano que passou (analisem e vejam se seria algo similar no Brasil):

1. Smartphones: 40% das vendas de celulares foram de smartphones (e os céticos enganaram-se: o iPhone vendeu muito acima do previsto);

2. Superstar K2: show de talentos onde amadores competiam por prêmios em dinheiro e carros (uma espécie de American Idol coreano). 18% de "ibope" na final, um recorde, visto que TV a cabo aqui tem um público de cerca de 1% apenas;

3. Time Nacional de Futebol Feminino: apesar de parcas condições de treinamento, as meninas foram as campeãs do Sub-17;

4. Social Media: serviços de sites de relacionamento através de smartphones cresceu exponencialmente em 2010;

5. Tablet PC: sucesso de vendas (mas, neste caso, o tablet da Samsung se deu muito bem quando comparado com o iPad);

6. K-Series, Kia: carros da Kia que se deram bem. Nem é pra tanto: o Alpheon foi um lançamento MUITO melhor:

 7. Avatar: recorde de bilheteria, com 13.35 milhões de espectadores (lembrem-se que a Coreia tem uma população de 50 milhões);

8. Blueberry (a fruta): essa eu tenho que deixar a frase em inglês, pois é um belíssimo Konglish: "Healthy and multi-tasking super food (!?) with good taste and aesthetic appreciation"...que raios é "multi-tasking super food"? E apreciar a beleza plástica da fruta, a estética? Fruta tem que ser boa, e não bonita! Mas, claro que tinha que ter um lance desses na lista...

9. Roupas Térmicas: um sucesso agora no fim do ano, roupas que colam no corpo e o mantém aquecido;

10. Novela "Bread, Love and Dreams": sei lá porquê, mas deve ser aquelas de impacto como muitas no Brasil, no passado. E não me perguntem, pois não acompanho novelas (a última que vi acho que foi Roque Santeiro...);

A Coreia fecha 2010 com a triste lembrança dos ataques norte-coreanos ao navio Cheonan, que deixou 46 mortos meses atrás, e o recente bombardeio em Yeonpyeong, com baixas civis e militares. Um ano ruim para a península coreana sob essa perspectiva e, provavelmente, o assunto Coreia do Norte continuará em pauta em 2011, especialmente em função da discussão a respeito da sucessão ditatorial, onde Kim Jong-un, o filho mais novo de Kim Jong-il, aparentemente prepara-se para substituir o pai.

Há também certa apreensão no setor econômico em função do recente acordo de livre comércio com os EUA, onde conservadores e protecionistas estão querendo defender o seu lado (isto é, deixa como está, vamos cobrando o que queremos do povo). Mas 2011 e os próximos anos dirão se foi uma boa idéia, ou não.

Obs.: a propósito, vi que a tarifa de importação para brinquedos chineses no Brasil será aumentada para 35% a fim de "proteger" a indústria nacional. Ou seja, aumentar o preço do concorrente e ferrar a população, tudo bem. Agora, estimular o fabricante nacional a se desenvolver e ser mais competitivo, ninguém quer. Concordo que competir com a China é praticamente impossível, mas dá pra melhorar muito no Brasil. Mas é uma falta de vontade tremenda. Fez certo o Collor ao abrir as portas na década de 90: veja onde chegou a indústria automotiva brasileira.

Aos leitores do blog, desejamos um Feliz Ano Novo, onde quer que vocês estejam.

Voltamos em 2011.

Annyonheghaseyo, e

새해 복 많이 받으세요



Escrito por Maschetto às 15h55
[] [envie esta mensagem] []



Feliz Natal!

Post 182

No meio de "tanta" entrevista (ok, menos, menos...), esqueci de mencionar que também fiz uma por email para a Record, que foi publicada no site deles. O título é "Bombas norte-coreanas não assustam brasileiro em Seul". Pra quem quiser ler, é só clicar AQUI.

Hoje é véspera de Natal, um Natal que nós não imaginávamos passar na Coreia. Segundo o plano original, deveríamos ter sido repatriados em Maio deste ano, porém, mudanças aqui, propostas ali...e ficamos mais um tempo na península.

E sendo mais um Natal coreano, tivemos a oportunidade de participar de um evento muito interessante: a empresa promoveu uma festa de Natal para crianças carentes, órfãos e crianças com necessidades especiais (deficientes físicos e mentais). Os estrangeiros foram convidados a se vestirem de Papai Noel e participarem de atividades com as crianças. Foi divertido, abaixo, a foto que saiu no "The Korea Times" (tentem achar o Papai Noel brasileiro aí no meio):

O que mais me impressionou foi a educação das crianças: ao contrário da molecada coreana que a gente vê por aí sempre se estapeando, cortando fila e empurrando, as crianças que participaram do evento eram de uma gentileza indescritível, sempre agradecendo ou pedindo as coisas educadamente. Imagino que a boa vontade dos professores e professoras é um dos segredos para essa atitude (e quero acreditar que não tem tanta influência a punição corporal, ao contrário das escolas regulares).

Fim de ano também é hora de sair com o time e aguentar os infinitos brindes de soju. Macaco velho, aproveitando que o soju parece água, sempre tinha meu copo cheio de H2O e, quando o pessoal vinha brindar, ao invés de deixá-los encher meu copo, eu mostrava-o cheio e brindávamos: eu com água, eles com soju. Claro que não dava pra enganar sempre mas, comparado com o resto do pessoal, eu saí do restaurante menos "calibrado". Aí estão meus "meninos":

Considerando que os exercícios militares do Sul aconteceram sem incidentes esta semana - apesar do Norte estar reclamando como um rabugento a todo instante - acho que o Natal será tranquilo, sem bombas, sem mísseis. Como disse um colega que está aqui a trabalho quando sua família lhe telefonou e perguntou sobre a segurança, sua resposta foi "Aqui está mais seguro que dar uma volta no quarteirão aí em São Paulo...". Sinceramente, é uma dura verdade. Esperamos que a situação não mude (quero dizer, que aí em Sampa melhore, pelo menos).

A todos os leitores do nosso blog desejamos um Feliz Natal e um ótimo 2011. Ano que vem esperamos estar por aqui ainda, contando mais novidades diretamente da "Terra da Calma Matinal" (esse é o slogan principal da Coreia, e não me perguntem o porquê).

Annyonheghaseyo!



Escrito por Maschetto às 12h40
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]




Quem somos?
Renato, Selma e Beatriz, brasileiros, na Coréia do Sul desde 2006 (a Beatriz, desde 2009). Annyonghaseyo!
nos2






Sentada na Pia, paternidade na Coreia!
Visite o Iacobus, o blog da Selma!
O blog da gravidez na Coreia
Lilypie Segundo Ticker



Votação
Dê uma nota para meu blog


Fotos: Vietnã, 2006

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing items in a set called Vietnam 2006. Make your own badge here.

Nossos vídeos coreanos:



Nossas viagens asiáticas:



This Traveler IQ was calculated on Tuesday, February 24, 2009 at 01:05PM GMT by comparing this person's geographical knowledge against the Web's Original Travel Blog's 3,717,512 travelers who've taken the challenge.



Outros sites que gostamos
Sentada na pia
Iacobus
Gonadotrofina no Paralelo 38
Diário de Santiago de Compostela
Projeto Anima!
Blog Projeto Anima!
Entrevistando Expatriados
Buraco da Fechadura
Onde está o Ed?
Helder na Australia
Blog do Gallina e da Katia
Brasil com Z
Expatriadas
De prosa na Coreia
Gustavo in Korea
Kimchi com cafe
Lu na China
Made in China
Blog Egipcio
Musique non stop





Livros que gostamos:

On Writing, Stephen King


Histórico